Escolha uma Página
Como montar um quarto montessoriano?

Como montar um quarto montessoriano?

Montar o quarto do bebê que está chegando é sempre uma alegria. Normalmente pensamos em tudo o que gostamos e escolhemos móveis e utilitários que nos facilitem. Mas será que aqueles móveis altos e estéreis, imaculadamente brancos são interessantes para os bebês? Afinal o quarto vai ser dele!

A pedagogia desenvolvida por Marina Montessori toca na parte do ambiente da criança e o quarto montessoriano tem sido muito solicitado pelos pais. Ele foca na autonomia e integração da criança com o ambiente. Priorizando a auto-educação tudo deve dar liberdade para a criança se sentir segura em explorar.

Por isso ao invés de berço se usa um colchão no chão, assim ele acorda e pode se levantar ou rolar pra fora e explorar aquele mundo de atividades ao seu redor. Se o piso for frio voce pode colocar uma base de madeira ou eva grosso e um tapete embaixo, isso é o suficiente. As cabaninhas na parte de cima da cama são charmosas e protegem de friagens são um ótimo recurso.

Eu particularmente sempre tirei minhas filhas do berços cedo, pois tinha medo que elas pulassem e caíssem, nessa época não sabia sobre a pedagogia, era mais cautela. E sempre optei por berços que podia ser revertidos em mini camas e fazia isso assim que começassem a andar. Se fosse hoje nem compraria um berço, já usaria um futon no chão. O legal do futon é ser feito com materiais naturais como algodão e lã e não um monte de resíduo de petróleo. Eu indico os futons da Bio Futon, da minha amiga Virgínia, o trabalho deles é incrível e super competente. A foto que ilustra o post é de uma sugestão de espaço deles.

Outro recurso interessante no quarto montessoriano é o espelho fixado próximo a cama. Criança adora rostos humanos e se observar e reconhecer a si e seus movimentos é divertido e cria mais autonomia.

Uma barra de segurança, que pode ser um varão de cortina bem fixo vai ajudar o bebê  a ficar de pé, normalmente elas ficam a 50cm do chão, mas depende da altura do seu filho.

O quarto montessoriano cresce com a criança, de tempos em tempos você precisa reajustar a altura das coisas para que elas fiquem sempre na altura da criança, tudo acessível. O quarto não é pra você e sim pra ele. Da mesma forma que adaptamos a casa para um idoso devemos fazer para uma criança.

Prateleiras e armários com livros e brinquedos também devem estar na altura deles. Tanto no quarto como na sala, é legal ter uma prateleira com os livrinhos dele acompanhando os dos adultos mais ao alto.

O ideal é ter poucos brinquedos. Não ceda a tentação de comprar um monte de brinquedos, não tenha caixas e caixas com pedaços de plásticos quebrados levando o caos pra sua vida.

Uma boneca na cama sendo sua companheira e um cesto de tesouros com materiais de diversas texturas, cores e cheiros como pena, pedra, madeira, objetos sonoros, escovas, coisas simples mais diferentes.

Diferente dos adultos que dependem da visão a criança usa todos os seus sentidos, ela está assimilando tudo. Só tenha o cuidado de colocar objetos grandes o suficiente para que ela não engula ou que tenha pontas que possam machucar. E de tempos em tempos troque esses objetos, de preferência por objetos naturais como brinquedos em madeira aos de plástico. Assim a caixa sempre fica interessante.

Esqueça aqueles tapetes de atividades que você compra por uma pequena fortuna no shopping super coloridos e barulhentos, vai no simples, vai ser melhor.

Numa busca rápida no google voce vai encontrar muitos exemplos de quartos montessorianos, o legal é buscar entender sobre o fundamento de cada coisa e assim proporcionar uma experiência de aprendizado mais legal pro seu bebê.

Acho que o mais legal em ter uma criança por perto é o aprendizado constante que ela proporciona tanto dela, como do ser humano e das coisas que nos cercam. Essa oportunidade de recuperar o encantamento com a vida, de aprender coisas novas e valorizar as melhores é incrível e só isso já gera uma enorme gratidão.

Beijocas da Fabi

 

 

 

Frida Kahlo, boneca, artista, mulheres incríveis

Frida Kahlo, boneca, artista, mulheres incríveis

Dando início a minha série especial de bonecas: Mulheres Incríveis escolhi a artista Frida Kahlo para abrir minha coleção.

Impossível não falar dessa artista que é um dos únicos casos de “contemporaneidade póstuma” influenciando no comportamento feminino e tendo seu valor artístico reconhecido tanto tempo depois de sua morte por estar tão à frente do seu tempo.

No seu museu na cidade do México você encontra uma exposição e seus trajes tão interessantes e os entende melhor. Você pode estar virtualmente na exposição clicando aqui: https://www.google.com/culturalinstitute/beta/exhibit/6gICPDLcNAzkJA

Lancei uma pequena coleção de bonecas homenagem e em breve farei peças mais complexas inspiradas em sua vida tão sofrida e complicada.

Você pode escolher a sua boneca na loja clicando aqui.

Fabilulis na decoração, bonecas decorativas

Fabilulis na decoração, bonecas decorativas

Passei 7 anos fazendo bonecas especificamente sob orientação pedagógica, desde o inicio da Fabiluli sempre quis divulgar a pedagogia waldorf e sua forma de ver a criança, a vida e sua educação, acho extremamente urgente esse cuidado. Sei que minha missão teve muitos frutos, divulguei muito esse conhecimento e muitas famílias incorporaram novos hábitos em  suas vidas. Fico muito feliz por ter cumprido essa missão que peguei pra mim

Agora com mais amadurecimento profissional, iniciando um novo setênio na Fabiluli, sinto necessidade de criar novos bonecas, nem sempre orientadas pedagogicamente ou direcionada a crianças. Dar vida a idéias guardadas há muito tempo.

(mais…)

Fotografia na decoração infantil

Fotografia na decoração infantil

Finalmente a decoração de quartos infantis está sendo atualizada, saem os bichinhos tradicionais e entram ilustrações e fotografias de artistas contemporâneos pra atualizar esse segmento tão tradicional e meio passado.

(mais…)

na Mídia = na Vogue

na Mídia = na Vogue

Esse período de mudanças é cercado de inseguranças, você quer mudar e fazer coisas novas, sente o impulso mas ao mesmo tempo tem medo de fazer bobagem.
Foi muito gratificante pra mim ver meu trabalho nas páginas da Revista Vogue. Nesse link você encontra a matéria. (mais…)

Pin It on Pinterest