O que é um boneco waldorf?

O que é um boneco waldorf?

O que é um boneco Waldorf? Do que vive? Como se alimenta? Essas e outras dúvidas respondo aqui nesse vídeo 🙂

(mais…)

Muito amor pra todo mundo, campanha dia dos namorados.

Muito amor pra todo mundo, campanha dia dos namorados.

Junho, nosso mês dos apaixonados!

Apaixonados uns pelos outros, pela vida, pelo mundo, por todo mundo.

O estado de espirito que os apaixonados carregam é parte do encantamento tão importante e necessário para vivermos com plenitude e interesse nossas vidas todos os dias.

Quando perdemos esse encantamento por nós, pelos outros, pelo mundo e tudo o que está incluído na vida, nos tornamos duros, sem motivação, perdemos o ânimo. Deixamos de ver a vida como aprendizado e passamos a ver como uma mera função burocrática, onde o que dá menos trabalho é o melhor.

Ah que lamentável, perdermos a oportunidade da troca, do aprendizado, de treinarmos ver o melhor lado de tudo e todos! Inclusive o nosso!

Espero que você viva apaixonado e encantado, que todos os seus dias sejam cheios de energia, inspiração e motivação.

Esse ano fiz uma pequena campanha inspirada no amor, todos os dias uma nova imagem será publicada e você pode compartilhar o quanto quiser.

Pra facilita a vida dos apaixonados essa semana a loja tá com frete grátis nas compras acima de R$ 200,00. Passa lá!

 

Qual a importância dos pais fazerem o boneco do filho?

Qual a importância dos pais fazerem o boneco do filho?

Hoje com a vida corrida, todos com pressa, os pais saindo cedo e voltando tarde, mal tendo tempo de ver os filhos e tendo que dar conta de uma lista interminável de atividades profissionais, pessoais e sociais, a pessoa falar que eles deveriam fazer o boneco de seus filhos é quase cruel. Mas se você me der uns minutos de leitura creio que me farei entender e vamos concordar.

Primeiro vamos falar sobre a importância do boneco para a criança, entender essa parte é fundamental. (mais…)

Fabiluli são objetos de afeto.

Fabiluli são objetos de afeto.

Eu sempre defini que um dos objetivos que tenho com a Fabiluli é de que ela fosse uma tradição.

Não me preocupo em ser a maior fabricante de bonecas do país, ter uma fábrica imensa ou outros sonhos empreendedores megalomaníacos, eu quero que ela seja lembrada em momentos especiais. Nos nascimentos, datas festivas, momentos de angústia como uma internação hospitalar pra dar aquele conforto emocional. Quero que façam parte da história da família, assim se transformam em sujeitos, em objetos de afeto e não em meros produtos numa loja.

Fiquei super feliz em ver o quarto novo dos filhos da Ana Medeiros, do blog A Casa que  minha avó queria, primeiro que adoro a Aninha, é minha amiga daquelas que falamos pouco pela correria mas nos queremos muito bem e torcemos uma pela outra, segundo porque acompanho a família desde que o Vinícios(primeiro filho da Ana)estava na barriga. E aí já se vão uns 7 anos.

No primeiro aniversário do Vinicius, eu dei um boneco da Fabiluli pra ele, o tema da festa era príncipe Vinicius, fiz um boneco com coroa e a Ana se apaixonou de imediato, abriu um espaço na mesa e ele participou da decoração todo majestoso.

vini

aniversario vinicius

aniversario vinicius

Anos depois, vendo a Revista Minha Casa (edição de março2017) e lendo a matéria com blogueiras e suas casas vejo o principe na cama dos meninos.

Tantos anos, tantas mudanças e o rapaz estava lá. O que me deixa alegre porque percebo que um dos meus objetivos com a Fabiluli está acontecendo. Esse ano completo 7 anos de Fabiluli, quase 1.000 bonecos criados por mim e espalhados por esse mundo, com certeza alguns já se perderam, foram passados pra frente, mas alguns deixaram de ser meros objetos e viraram sujeitos, lembranças e afetos. Isso me deixa muito feliz.

E as suas Fabilulis? Como estão?

Me conta!

Beijocas da Fabi

 

 

Retratos para Yayá, delicadeza, simplicidade, beleza, infância livre, criação com apego

 

Esses dias fui apresentada a esse projeto incrível de Irmina Walczak e Sávio Freire. Durante alguns anos eles fotografaram a filha Yasmim, carinhosamente chamada Yayá, – e sua infância vivida à moda antiga: livre de consumo, televisão e tecnologia e próximo às pessoas queridas e à natureza.

Com imagens belíssimas que foram publicadas em redes sociais, revistas de fotografia e até  ganharam prêmios, Retratos para Yaya entrou no Catarse para conseguir o financiamento necessário para transformar toda essa beleza em livro e claro conseguiu.

Retratos para Yayá nos lembra da simplicidade e encantamento da infância, da poesia, da fantasia e de como a infância livre, sem eletrônicos e outras bobagens pode nos tocar a alma.

Pra comprar o livro voce pode clicar aqui. É um presente incrível pode ter certeza.

Pra acompanhar essa família tão especial você pode seguir o instagram @irminawalczak

Mulheres grisalhas

Mulheres grisalhas

Essa da foto sou eu ao natural, cabelos brancos, despenteados, sem maquiagem e com uma postura péssima 🙂

Mas eu quero falar sobre a parte do cabelo branco, sei que a foto talvez não mostre tão bem o quanto meus cabelos estão brancos, mas eles estão muito e eu tô adorando querendo que fiquem cada vez mais.

Dia desses resolvi ligar a televisão, quem me conhece sabe que há pouco tempo atrás eu nem tinha uma televisão então não tenho esse hábito, nunca sei o que passa, quem está em qual emissora nem nada relacionado.

Mas nessa hora estava passando o jornal nacional, olhei a cara do William Bonner e estava da mesma forma de sempre mas ao lado dele não era Fátima Bernardes!

Brincadeira, já sabia que ela saiu do jornal e ganhou um programa próprio. Mas a apresentadora ao lado dele era a Renata Vasconcelos. Prestei atenção nela e percebo uns fios brancos, olhei bem e ainda não estou acreditando, acho que vou até assistir o jornal novamente outro dia pra confirmar, mas eu tenho quase certeza de que vi fios de cabelo branco na repórter do jornal nacional.

Gente, que mulher jovem na televisão aparece com fios brancos? Nunca vi, isso é coisa no máximo das vovós caquéticas, nunca nem mesmo uma mulher de meia idade aparece com esses terríveis fios brancos.

Já o William Bonner todo dia faz isso, na maior cara de pau, todo dia ele tem a coragem de aparecer em rede nacional com aqueles fios brancos. E todo mundo acha super charmoso.

Mas em se tratando de mulheres… A coisa muda muito de figura, mulher de cabelo branco é relaxamento, falta de vaidade, de cuidado, velhice, tá gasta, tá passada, tá velha; são os lindos comentários que se escuta quando se resolve parar de pintar os cabelos.

Eu comecei a pintar os cabelos aos 14 anos, usei todas as cores da cartela, em se tratando de cabelos faço bobagens desde pequena, sempre foi minha única forma de expressão permitida, podia cortar, fazer permanente, podia tudo, só não podia ter piolho, aí era cortar bem curtinho e paciência.

Aos 28 anos achei o primeiro fio branco, fiquei arrasada. Achar o primeiro fio branco equivale a saber que você vai morrer, um drama sem fim. É a prova de que a vida está passando, é verdade, ela é finita!

Dramas à parte, passei anos retocando a raiz o que deixava meu cabelo muito ressecado e eu cortava curto e deixava crescer prometendo que nunca mais ia pintar.

E pintava

E pintei por anos.

Com 38 anos resolvi parar. Tipo viciada que deixa de fumar, resolvi parar de encher minha cabeça com metais pesados, essa coisa não pode fazer bem, se grávida não pode fazer por que a gente faz? Quanto mais consciente e natureba mais entendia que os produtos químicos presentes das tinturas faziam mal e podia causar doenças a longo prazo. E pra que?

Assumi.

Tô cada dia mais grisalha e adorando, não acho que estou morrendo e a vida acabando, parei de drama. Quero que fique todo branco logo \0/

Vejo mulheres lindas grisalhas e confesso que faço sucesso por onde passo a ponto das pessoas me pararem na rua pra elogiar meu cabelo.

Fique especialmente feliz  na Bienal de Arte em São Paulo quando uma menina jovem em torno de 20 anos, chegou tímida do meu lado e elogiou meu cabelo, ela estava vendo uma mulher mais velha, mas não tão velha, com seus cabelos grisalhos naturalmente expostos e sei que isso muda o padrão estético e social de uma geração, somos exemplos querendo ou não.

Então, meu conselho é: pare de pintar seu cabelo! Se liberte, você fica linda sim, se estiver se achando velha corte curtinho, é a certeza de parecer mais jovem, dê uma mexida no seu estilo de vestir, faça uma atividade física, vá viver, porque a velhice não esta no cabelo branco e sim na vida estagnada.

Vida é pra ser em movimento, isso que nos renova 🙂

beijos da fabi

 

Filhos peludos, meus mascotes.

Filhos peludos, meus mascotes.

Quem já clicou no link sobre a Fabiluli aqui no site já viu minha equipe:

Na minha conta pessoal do Instagram @fabianas_pereira você sempre encontra fotos desses personagens fofos.

Eu adoro animais e sempre tive mascotes, acostumamos a ter bichos pela casa e acho que sempre teremos. Eles são a central de exercício de afeto, impossível passar por eles e não querer apertar beijar e carregar. Meu amor é meio Felicia

Vou apresentar melhor essa equipe fofa.

O primeiro e mais importante sem dúvidas, o preferido, mimadão e querido da mamãe Zen.

Zen é da raça Yorkshire tem 13 anos, charmoso, fofo, peludo, ficando cego e com poucos dentes, mas sem perder a pose.

Adora rabanete, melão e ovos. Detesta barulho de fogos, trovão e comer ração.

Zen é calmo, mas tem momentos de brincadeira e correria pela casa, o que atualmente acaba rapido porque com a idade já começa a tossir e fica cansado.

zen

zen

 

Agora temos o segundo no reinado Tornado, também conhecido como: Thor, tortura, tormenta, tonto, totoro.

Um dia recebi um link, enviado por uma das filhas, com a foto de um mini ratinho branco e amarelo, que havia sido encontrado por uma pessoa que não podia ficar com ele e que caso não arrumasse alguém novamente seria colocado na rua de novo.

Lá fui eu buscar a criatura que cabia na palma da mão e pesava 700 gramas. Dei banho, comida e carinho. Um mês depois ele pesava 1,500kg. Uma máquina cheia de energia, que me mordia, atacava e corria muito. Um verdadeiro tornado pela casa, destruia tudo, e não deixava ninguém dormir. Ele quebrou coisas que eu guardava há anos, acabou com um sofá e tudo precisa ser colocado fora de seu alcance, o que é difícil.

Bem, meu monstrinho já tem dois anos e pesa mais de 5.000kg e dorme todas as noites nas minhas pernas, me acorda com beijinhos e carinhos as 06:00, apronta muito pela casa e volta a dormir. Mas ainda faz muitas bobagens quando está acordado.

Tornado foi criado pelo Zen e aprendeu tudo como um cachorro, recebe a gente na porta, corre pra atender a campainha, joga bola pela casa e é um gostosão. Adoro ser fotografado e faz pose.

thor

 

E a minha vida estava resolvida com bichos por bastante tempo, tudo certo quando minha filha mais velha volta a morar comigo trazendo embaixo do braço a filha Diana. Ela já se mudou, mas a filha continua a viver aqui e pelo que percebemos será sempre assim, ganhei o terceiro bicho.

Diana tem 3 anos, é linda, charmosa, leve e elegante. Muito corajosa é uma excelente caçadora, gosta de dormir aninhada no nosso pescoço e é extremamente mal humorada.

Ela nos tolera e nos usa quando bem entende, afinal sabe o poder que tem, quem não se derreteria com essa fofura vindo deitar abraçada em voce? Vivemos basicamente esperando quando ela  vai nos dar mole.

Bate no Zen e no Thor, toca o rebu, além de ser totalmente paranóica e achar que todos planejam matá-la a qualquer momento, isso já dura 2 anos, já achamos que é estilo. Quando está calma é uma fofura.

diana

Essa é a minha equipe de mascotes, cada um com sua atividade, sempre mantendo minha fofura em dia e me enchendo de carinho ao mesmo tempo que me deixam doida 🙂

Você têm animais de estimação?

Me conta 🙂

Beijocas da Fabi

 

Como trabalhar em casa e ser produtivo?

O sonho dourado de quase todas as pessoas que conheço é trabalhar em casa. Todas falam que querem um horário mais flexível para darem atenção a família, não ficarem estressadas com as rotinas profissionais e etc. Mas a realidade…

Como voce estão muito preguiçosos fiz o post em vídeo 🙂

Clica aqui pra assistir e depois me conta como voce se vira por aí.

Beijocas

Carta para Coral, sobre como se tornar uma fada.

Carta para Coral, sobre como se tornar uma fada.

Para Coral.

Querida Coral, soube que uma amiguinha lhe falou que fadas não existem e que voce ficou chateada por isso.

Não fique querida! Fadas existem e vou lhe provar.

Muitas pessoas falam a mesma bobagem, mas isso acontece porque elas não procuram entender o real significado das palavras e das atitudes.

“Fadas: são os seres que fadam, isto é, orientam ou modificam o destino das pessoas. Fada é um termo originado do latim fatum, que significa destino”.

Toda vez que escolhemos interferir no destino de outra pessoa de forma positiva, estamos sendo fadas. E fadas não precisam de varinha ou asas, a maior magia que possuem são o amor por todas as criaturas que existe em seus corações.

Essa é a grande magia da vida, amor.

Amar o conhecido e o desconhecido da mesma forma, proteger os fracos, cuidar dos mais velhos e ajudar os outros, para que todos possam sempre ter boas e positivas experiências na vida.

Eu conheço diversas fadas, algumas até mesmo nem sabem que são fadas, vivem ajudando e tendo bons sentimentos por tantas pessoas que acabam mudando de forma mágica muitos destinos.

Ser fada é uma escolha. Quando olhamos pro título as coisas se perdem, mas quando olhamos os propósitos, fica tudo mais bonito e mágico.

Para ser uma fada voce precisa trabalhar duro, principalmente sobre voce mesma. Aqui tem uma pequena e importante lista de atividades para voce seguir:

  • Ser bondosa com todos, não vale escolher ser bondosa só com quem você gosta.
  • Ser honesta e corajosa por toda a sua vida, sem medos ou mentiras.
  • Ser gentil e educada com todos.
  • Ser grata aos seus pais e a natureza por todo cuidado e amor que recebe.
  • Ser bem humorada e fazer as pessoas sorrirem, assim elas ficam mais felizes.
  • Ser cuidadosa com as pessoas, animais, coisas e lugares, deixando tudo mais bonito.
  • Ter esperanças e acreditar que coisas boas são possíveis.

Uma vez me perguntaram se fazer bonecas é acreditar num mundo melhor. Eu respondi que doll maker é só um título, e que a minha intenção era ajudar as pessoas a redescobrirem o encantamento nas coisas simples da vida. Acredito que esse seja o caminho para que elas sejam mais felizes. E me esforço pra conseguir.

Escolha como quer atuar na vida das pessoas, elas estarão ao seu redor durante toda a sua existência e então você poderá ser uma fada também.

Aliás eu acho que você vai ser uma ótima fada, porque me ajudou a ter bons sentimentos e pensamentos com a sua dúvida e ouvir sua risada encheu meu coração de esperança e alegria.

Beijocas da Fabiluli

 

ps:Encontro pessoas fofas o tempo todo e com  Juliana e sua filha Coral não foi diferente, conversamos e acho que ajudei um pouquinho a pequena e acreditar em coisas boas. Copiei a carta aqui para inspirar outras pessoas 🙂

Novas formas de fazer negócio ou como você pode continuar comprando sem dinheiro ou com pouco.

Novas formas de fazer negócio ou como você pode continuar comprando sem dinheiro ou com pouco.

Vamos falar sobre o bicho papão: dinheiro!

Assunto que rende problemas, decepções, frustrações e também realizações, alegrias… Eu particularmente adoro dinheiro! Sou capricorniana claro! E não vejo nada de errado nisso.

Mas não vejo o dinheiro como vilão, acho que ele tem  uma energia neutra e potencializa em nós nossas características mais internas, como mesquinharia ou generosidade. Talvez porque o dinheiro nos dê poder ou a sua sensação.

A verdade é que andamos numa época muito estranha com dinheiro em nosso país, alguns dizem que a crise não existe e que estão todos bem. Mas na prática não é o que experimento, nem comigo pessoalmente e nem com a Fabiluli. É visível que estamos numa grande retração financeira e isso causa preocupações quanto nosso futuro próximo e presente.

Pensando nisso resolvi criar ou testar formas de economia diferentes na Fabiluli.

São elas:

Há algum tempo atrás criei o Escambo Manual, foi um sucesso incrível! Várias manualistas e profissionais liberais trocaram muitas coisas legais por lá e quero reacender essa chama, acho o momento super oportuno. Pra facilitar a vida transformei ele que era um blog num grupo do facebook assim os contatos ficam mais ágeis. E a regra continua a mesma: só vale trocar algo manual ( produto ou serviço) feito por você ou sua família.

Saímos na Revista Casa e Jardim na época de tão legal que foi.

Voce pode participar dele clicando na imagem abaixo e entrando no grupo. Vou voltar a disponibilizar bonecas para trocar por lá e espero que todos voltem a participar.

Muitas vezes precisamos de dinheiro pra comprar coisas que outra pessoa pode oferecer um exemplo: preciso de uma consulta com um veterinário e um veterinário esta querendo comprar uma boneca pra filha, maravilha, não precisa da troca de dinheiro só de serviço. As regras são simples e o bom senso é o que vale.

Vamos aproveitar esse momento complicado pra encontrar formas diferentes de interagir.

 

                                                                                                         ———————————————————————————————————————————————

A outra forma que já está em vigor na Fabiluli é a Faça-me uma oferta.

 

Algumas bonecas na loja foram selecionadas para participar, o preço sugerido está visível e se voce não pode pagar por ele me faça uma proposta dentro da sua condição.

Óbvio que você deve levar em consideração que a boneca tem um custo, os materiais são caros o tempo que se leva pra fazer longo e acredite, minha margem de lucro muitas vezes não chega a 50% então não veja uma boneca de querR$ 300,00 e me ofereça R$150,00 pois isso foi o custo certinho dela. É algo especial, manual e trabalhoso e não algo simplório cuspido por uma máquina as centenas por dia.

Da mesma forma que eu não quero tirar vantagem de ninguém, não quero que tirem de mim e assim vamos chegar juntos num valor justo para ambos e mais acessível para você. Precisamos encontrar formas novas de interagir e consumir.

Em tempos complicados precisamos pensar em alternativas e vale a pena pensar em agir um pouco sem dinheiro, numa economia ecológica e baseada em recursos.

Espero que você experimente novas formas de fazer negócio e que possamos expandir nossas potências.

Te espero.

Beijo da Fabi

 

Quais males a televisão, computador e video game fazem ao meu filho?

Faz mal meu filhos ver muita tv? Algum tempo atrás a pedido do Mamatraca fiz esse vídeo sobre crianças e tecnologias. Faz mal seu filho ficar exposto a essas mídias? Te respondo tudo no vídeo, pega um chá e vem me ouvir 🙂 (mais…)

Dica: O livro da Rita Lee Jones

Dica: O livro da Rita Lee Jones

Eu desde criança sempre fui apaixonada pela Rita Lee, confesso quem muitas vezes sonhei que ela era minha mãe.

Imaginava ela loucona, fantasiada, cantando em casa e a gente brincando. Era sonho de criança.

(mais…)

E a vida de mãe empreendedora

E a vida de mãe empreendedora

A Fabiluli esse ano comemora 07 anos de existência, mas fazem 09 anos que eu resolvi que ia encontrar uma forma de ser uma profissional autônoma para poder ficar mais tempo em casa com as meninas. Pra quem não me conhece eu tenho 03 filhas: Agatha (24), Amanda(20) e Alice(18) some a família  Zen, dog(12) , Thor, cat(2) e a neta Diana, cat (3). (mais…)

Se contentar em viver com pouco significa
buscar a elegância em vez do luxo,
refinamento em vez da moda
ser digno, não respeitável,
saudável, não rico
ouvir as estrelas, os pássaros,
os bebês e os sábios, com o coração aberto
estudar com afinco,
pensar calmamente,
agir francamente,
falar gentilmente,
esperar pelo momento certo, não se apressar nunca
em uma palavra, deixar o espiritual,
não solicitado e inconsciente,
crescer além do comum
– está é minha sinfonia.

William Henry Channing

Leia mais
Como ter um negócio de sucesso?

Como ter um negócio de sucesso?

 Bem, se você espera encontrar fórmulas financeiras ou técnicas infalíveis de marketing, sinto desapontá-lo, você não vai achar nada disso aqui.

Eu sou uma observadora da humanidade, quase vouyer, adoro observar as pessoas, o que falam, como falam, como se mexem, como expressam seus sentimentos. Reparo em cada detalhe da estrutura óssea das pessoas, na direção em que seguem os fios da sobrancelha…

A idéia não é comparar as pessoas e sim enriquecer meu banco de dados interno. Encontro pessoas parecidas em vários aspectos (físico, emocional, intelectual…) em locais completamente distantes e diferentes, o que me faz crer que existem umas fôrmas (da forma antiga porque sou velha e não quero escrever diferente) prontas de gente. 🙂

Mas porque esse papo se o título é sobre negócios?

(mais…)

Como o encantamento pode mudar a sua vida e o seu negócio

Como o encantamento pode mudar a sua vida e o seu negócio

Não precisamos falar sobre a qualidade do vídeo que está visivelmente terrível, mas o conteúdo é bom 😀

Fiz esse vídeo na atrasada e correndo para não perder a extensão do segundo prazo que recebi e foi no improviso.

(mais…)

Fabiluli, uma fada que faz bonecas

Fabiluli, uma fada que faz bonecas

Entrevista ao blog Da Fazenda /2012

 

A boneca sapeca representa uma criança de 3 anos.

Era uma vez uma webdesigner que um dia teve uma crise de “mulherzinha”, pediu uma batedeira e uma máquina de costura e descobriu, assim, que era na verdade uma fada que, com seus poderes mágicos, era capaz de dar alma a bonecas de pano lindas. Essa é a história da carioca Fabiana Pereira, 35, casada com o amor da sua infância e mãe de três meninas, que há dois anos fundou a Fabiluli, um atelier dedicado a fazer bonecas.

>> Conheça mais criações da Fada Fabiluli em seu site: www.fabiluli.com.br

Fabiana nem era muito fã desse tipo de brinquedo quando criança, mas um dia, navegando pela internet, encontrou uma foto que mudou tudo. “Aquela boneca me encantou e fui saber mais sobre ela. Descobri que era uma boneca baseada na pedagogia Waldorf. Eu nunca tinha ouvido falar sobre nada disso. Fui pesquisar e aí meu mundo virou para o lado certo”, conta. De acordo com a pedagogia Waldorf, para que uma boneca possa transmitir segurança e aconchego, é necessário que os materiais utilizados em sua confecção sejam naturais, como a lã de carneiro, tecidos orgânicos de algodão, madeira…”Uma boneca com enchimento sintético é uma boneca fria, de plástico se torna dura, ao passo que nós somos macios e quentes. Quando uma criança abraça sua mãe, ela nao é de plástico dura e fria, ela tem maciez e seu cheiro característico. A boneca feita com esses materiais tem vida”, explica Fabiana.

Boneca abraço.

Para as crianças que ganham o brinquedo feito por Fabiana, boneca é sinônimo de diversão, mas para a artista, é muito mais que isso. “Com a boneca a criança se prepara para o convívio com o outro, ela reproduz o que experimenta, o carinho, o cuidado. A boneca se torna o porto seguro muitas vezes de crianças sensíveis, com problemas familiares ou de convívio social. Ter uma boneca feita com materiais naturais se torna importante pelas experiências sensoriais que a criança começa a experimentar. A parte estética também a meu ver tem muita importância, a beleza é inerente e todos nos sentimos bem em ambientes bonitos e, de preferencia, simples”. Entre os vários materiais que utiliza estão a lã para enchimento e os fios naturais Da Fazenda. “São produtos de qualidade e naturais, me dando a certeza do resultado final. Minhas bonecas tem garantia para sempre e serão manipuladas desde por bebês a senhorinhas então preciso usar produtos seguros e de qualidade. E o atendimento sempre solícito e simpático do Marco e da Denise faz muita diferença”, afirma Fabiana. Para fazer seu trabalho, Fabiana trabalha de forma artística, priorizando a estética e os valores sensoriais, agregando histórias e sentimentos com o objetivo de despertar ou fortalecer o encantamento. “Para dar alma a uma boneca você precisa se conectar a ela. Você precisa estar ligado àquela boneca naquele momento, sem muito planejamento ou preconceitos, mas deixar fluir o que passa na sua cabeça e no seu coração. Por isso que faz tanta diferença com o que você alimenta a sua alma”.

A fada Fabiluli

E uma criança ou mesmo um adulto pode esperar muito carinho ao abraçar uma das criações da Fada Fabiluli. “Ser uma fada hoje é buscar uma outra perspectiva da vida e dos acontecimentos. Sempre existe um lado positivo, belo e mágico no dia de qualquer pessoa, basta que ela esteja presente de verdade. Dar valor as pequenas coisas, se manter aberto ao encantamento, que pode ser uma brisa num momento de calor, um chá quente quando suas mãos estão frias, ou os pequenos sorrisos que aparecem na sua frente. Uma flor que resolveu nascer num lugar inóspito, uma bela árvore numa rua feia. Se você buscar pelas belas e simples coisas da vida, vai alimentar sua alma de forma saudável”.

O que é Pedagogia Waldorf?

O que é Pedagogia Waldorf?

Escrito por mim e Postado originalmente no site Rio Kids

Já faz tempo que estava com vontade de fazer um post sobre a pedagogia Waldorf, pois só conhecia o assunto muito superficialmente e, como curiosa que sou, gosto de saber das coisas mais a fundo. Foi então que, através do Rio Kids, conheci o maravilhoso trabalho da Fabiana Pereira e pedi para ela escrever um texto sobre o tema!

A Fabiana é uma artesã de bonecas, ou doll maker! Ela produz bonecas Waldorf e vende através de sua loja on-line, a Fabiluli. A história dela e de como ela faz as bonecas é super interessante e vale outro post! (mais…)

Coletor menstrual, eu adotei

Coletor menstrual, eu adotei

Levei um tempo para criar coragem e usar o coletor menstrual, achava que seria incômodo, que ia vazar, me machucar, ter cólicas, enfim, quando é pra pensar em problemas eu sou uma profissional de nível elevado.

Eu queria testar o coletor por um motivo complexo: o algodão é o plantio que mais consome agrotóxico no mundo e claro, o seu absorvente ainda tem resíduos de substâncias que você desconhece e que podem causar irritações, alergias, infecções entre outras coisinhas e como tenho um fluxo abundante e longo uso por muito tempo absorventes ficando aquele abafamento e desconforto. Principalmente vivendo no Rio de Janeiro em pleno verão quase o ano todo, abafamento por absorvente é um saco. (mais…)

Estabilidade essa desconhecida :-)

Estabilidade essa desconhecida :-)

2016 foi um ano muito bom, tive experiências incríveis, conheci pessoas inesquecíveis na minha vida, aprendi um monte sobre mim, foi um ano muito positivo pessoalmente.

De forma geral foi um ano estranho isso falando sobre política e crises econômicas, nacionais e mundiais. Muitas coisas absurdas acontecendo em todas as esferas e nós ainda sem saber muito bem como agir ou o que esperar e isso é algo que incomoda muito.

Eu nunca acreditei em mudanças coletivas, toda a minha esperança se concentra nas mudanças individuais, as pequenas coisas, o despertar da consciência individual, a auto crítica e a predisposição pra ver a vida mais pra boa do que pra ruim. (mais…)

Pin It on Pinterest