Escolha uma Página

O Zen é meu filho, tá fazendo 14 anos e continua um charme. As pessoas não acreditam que ele tem tanta idade, a aparência dele ainda é de filhote, mas a pelagem branca, os olhos embaçados, os poucos dentes não deixam dúvidas: o xuxu da mamãe está velhinho.

Ele vai ao veterinário 1 vez ao ano e a avaliação é sempre positiva. Há dois anos virou cardiopata, tem um remédio de velho pra tomar, tem uns engasgos, parece que vai morrer quando se afoba mas passa rápido. Fora isso tá ok.

Ele é tão parceiro e querido que lembro da música do filme Toy Storie

Mas reparei que algumas coisas mudaram:

Na madrugada com a casa escura ele estava com o hábito de fazer xixi no tapete da cozinha, que fica no meio do caminho pra área de serviço onde fica seu jornal. Todos os dias de manhã encontrava xixi ali e isso durou uns anos, mesmo que eu tirasse o tapete antes de dormir, ele fazia xixi ali. Mas isso só acontecia de madrugada, ele sempre fez xixi no local certo desde o primeiro dia, nunca teve ataques de raiva ou ciúmes e fez em outros lugares. Eu achava aquilo sem sentido.

Até que tive a sensibilidade de olhar melhor pra ele e perceber que ele podia não estar enxergando tão bem assim e passei a deixar a luz da área de serviço acesa. Resultado: cozinha linda e seca e o xixi da madrugada no lugar certo como sempre.

Outra coisa que notei foi a ausência de dentes, ele tem alguns mas já tem muitas janelinhas abertas na boca e passei a dar ração de filhotes que é menor e ele come melhor. O que ele prefere é comida mas ainda não consegui me organizar pra fazer uma comida bem balanceada pra ele todos os dias, então mantenho a ração pela praticidade.

A festinha quando chegamos em casa ou a lamentação quando saímos aumentou muito. A festinha quando chegamos virou uma euforia com reclamação e quando saio pode ser pra ir a padaria que é do lado ele chora o tempo todo. Agora nos revezamos em casa para que ele não fique sozinho, apesar de ter o gato dele o Tornado, ele prefere a nossa companhia.

O Zen é um querido, tão doce, tão carinhoso, um cachorrinho que só dá alegrias e carinho, sei que o tempo dele não vai se estender muito e aceito isso. Mas com certeza vai deixar uma saudade imensa quando se for.

E voce tem um velhinho em casa?

Me conta.

Beijocas da Fabi

Pin It on Pinterest

Share This

Assine a newsletter e fique por dentro de lançamentos e promoções especiais para assinantes.

Junte-se a gente!

Você está inscrito e prometo só enviar coisas legais! :-)