Vivemos no maior momento de ilusão da história, desde o advento google todos acham que sabem tudo! Isso já se tornou chato, todos entendem um pouco de tudo, mas muito mesmo, de nada.

Todos querem ser artistas, webdesigners, designers, engenheiros, decoradores, costureiros… E até médicos!

Na verdade eu vejo gente se tornando hipocondríaca, agarrada a sites de sintomas achando que tem todas as doenças terríveis do mundo. Vejo obras que num mundo de pessoas inteligentes e honestas, nunca seriam chamadas de obras de arte, vejo sites e blogs horríveis, cheios de defeitos, casas muito mal decoradas e sem personalidade, mas que seguem “a moda” dos blogs ou das lojas de decoração e roupas mal feitas.

Eu tenho uma coleção de coisas mal feitas aqui. E tinha essa ilusão, achava que um tutorial ia resolver tudo e ficaria perfeito. Bem… o pior de tudo é você ter que conviver com as conseqüências do pão durismo e achismo em casa e ter seu fracasso sempre à vista.

O movimento DIY ou faça voce mesmo foi bem distorcido com o passar do tempo. Os punks entraram nessa porque não encontravam pessoas para produzir seus trabalhos musicais. Nada contra, mas eles não são o tipo de pessoas mais fáceis de lidar, obviamente entre eles a produção de qualquer coisa seria mais coerente.

O idéia do faça você mesmo é ótima, eu adoro. Faço pequenos consertos em casa, pesquiso pra me informar sobre tudo, tento fazer algumas peças de roupa e decorativas, mas agora por diversão. A ficha caiu.

É inegável que fazer algo com as próprias mãos dá coragem, valor, você realmente se sente realizando. Ótimo pra auto estima.

O problema é que não dá pra fazer tudo você mesmo, por um simples fato: você muitas vezes não sabe fazer aquilo que se propõe.

Outras pessoas se especializaram naquilo, gastaram dias, meses, anos para dominarem tudo sobre aquele assunto e você com alguns links de pesquisa jamais vai chegar aos pés do domínio que o outro tem.

Aí voce vai, gasta dinheiro, tempo e energia e faz algo meia boca, mal feito, cheio de defeitos só pra falar que fez? Muitas vezes não vale a pena gastar um final de semana inteiro, tentando fazer algo que você não sabe e nem vai querer saber a fundo, só porque quer seguir uma tendência. Vale mais você passar o final de semana fazendo coisas que gosta, descansando, curtindo as outras pessoas ou se aperfeiçoando no que sabe.

Todos nós temos talentos naturais, se você olhar pra si com carinho vai encontrar o seu. Use ele, melhore, aperfeiçoe, domine tudo sobre o que você já sabe e tem talento, invista no que você é bom. Não seja medíocre em tudo, seja incomparável naquilo que é seu.

Um consultor falou algo uma vez numa palestra muito interessante: “Se seu filho é bom em matemática e ruim em geografia o que você faz? Coloca o garoto numa professora de geografia pra ele ficar na média, é o procedimento normal. Agora se você colocar ele numa professora de matemática ele vai ser fantástico, esse é o seu talento natural.”

Precisamos parar de enquadrar as pessoas e querer que todas sejam mais ou menos em tudo, essa doidera de sermos iguais não deixa as pessoas pensarem. Nós não somos iguais, temos as mesmas necessidades, mas habilidades e talentos diferentes e massificamos todos.

E algo a se pensar é sobre a circulação do dinheiro. Como você circula o seu dinheiro? Seja justo! Não guarde tudo pra si, porque nada é mais independente e livre que o dinheiro, ele não tem apegos e muito menos pensa antes de ser consumido, ele circula, você querendo ou não. Economiza de um lado e torra do outro.

Se informe, entenda o que quer, mas não tente ser todos, fazer tudo, isso é perda de tempo e o tempo é o seu bem mais precioso. Muitas vezes vale mais a pena pagar alguém que sabe exatamente o que está fazendo, ficar satisfeito e te sobrar tempo pra viver, do que ficar querendo fazer tudo sozinho só pra ser autoral. Sem ser.

Agora se voce tem talento e vontade de fazer algo aprenda! Se dedique a entender tudo sobre aquilo e quando fizer faça bem feito. Vai te fazer mais bem saber algo profundamente do que ser superficial em tudo. Como a maioria.

Pin It on Pinterest

Share This

Assine a newsletter e fique por dentro de lançamentos e promoções especiais para assinantes.

Junte-se a gente!

Você está inscrito e prometo só enviar coisas legais! :-)