Desde pequena escuto que as crianças são o futuro no país, do mundo, do universo etc. Mas pensa bem: quem educa essas crianças? Como as crianças aprendem? O que está servindo de exemplo todos os dias pra elas?

Aprendemos por imitação em qualquer idade não tem jeito. Mesmo que você não queira, tem um monte de influências, boas e ruins, entrando sem pedir licença e sendo armazenadas na sua mente o tempo todo. Elas chegam através da televisão, dos filmes, da música, da arte, da rua, das relações.

Pessoalmente acho que só quem enxerga a  arte, a comunicação, criação e relacionamentos como um tipo de sacerdócio deveria poder criar algo ou se relacionar, porque gente confusa só espalha mais confusão, gente egoísta só que ser compreendida, gente vazia só faz os outros perderem tempo, mas enfim, somos livres e temos que conseguir separar o que vale a pena e o que não vale.

Qual a graça de passar pra frente tudo de errado que você aprendeu e faz? Os filhos repetem os hábitos dos pais até quando não querem, afinal quem nunca se pegou falando exatamente como a sua mãe falava? Isso é inconsciente, você simplesmente repete. Então desliga o piloto automático e começa a se reavaliar!

Acho super válido preparar as crianças, ensinar sobre reciclagem, reaproveitamento, alimentação, saúde, meio ambiente, relações pessoais, sim isso é muito importante, mas não devemos esquecer que quem precisa ser educado são os adultos. A educação não se limita ao período da infância, é um trabalho continuo pela vida toda. E depois de uma certa idade não dá mais pra jogar a culpa nos pais 🙂

De que adianta uma criança ter uma semana inteira na escola sobre reciclagem e chegar em casa e a família gerar mais lixo que a rua toda? Falar sobre poluição e ela sair da escola e pegar um ônibus fumacento? Ou falar sobre a falta d’água e ela chegar todos os dias em casa e encontrar bife na mesa? Ou ter aulas e campanhas sobre alimentação saudável e em casa comer uma pizza congelada e um monte de doces, frituras e refrigerantes? Cadê a coerência?

A consciência vem de cima pra baixo, são os mais velhos que precisam aprender, mudar, se reciclarem, se desconstruírem. Você precisa se picar em pedacinhos, jogar tudo pro alto e ficar só com o que presta, seja sincero. E isso é difícil porque quem você é tá muito ligado a quem seus pais foram, e muitos hábitos que eles te ensinaram, e você aprendeu direitinho, são péssimos pessoal e coletivamente.

Como diz Rudolf Steiner: “Não há, basicamente, em nenhum nível, uma educação que não seja a auto-educação. […] Toda educação é auto-educação e nós, como professores e educadores, somos, em realidade, apenas o ambiente da criança educando-se a si própria. Devemos criar o mais propício ambiente para que a criança eduque-se junto a nós, da maneira como ela precisa educar-se por meio de seu destino interior.”

E não pense que por não ter filhos você não tem responsabilidade, se você anda por esse planeta, respira, come e se relaciona você serve de exemplo o tempo todo então também precisa de educação e polimento. Sim, somos todos querendo ou não educadores, exemplos a serem seguidos.

Eu acredito que quando as pessoas tem filhos um canal bem forte para mudanças se abre e elas ficam mais flexíveis, mais aptas a reverem seus conceitos e mudar ou melhorar. Alguns não são tão apegados a própria imagem e conseguem fazer essa desconstrução sem filhos, mas outros precisam dessa ajuda. Uma ajuda muito fofa na verdade 🙂 E para alguns só na próxima vida mesmo porque nessa não tem mais jeito 😀

Então não relaxe achando que são as crianças que farão um futuro melhor, porque o futuro não existe ainda, ele será formado com os conhecimentos do passado e do presente que hoje é você quem ensina.

O que voce está ensinando inconscientemente? E conscientemente? Bora começa a avaliar?

Beijocas da Fabi

Pin It on Pinterest

Share This

Assine a newsletter e fique por dentro de lançamentos e promoções especiais para assinantes.

Junte-se a gente!

Você está inscrito e prometo só enviar coisas legais! :-)