Todos temos sonhos, normalmente temos sonhos básicos que estão ligados as nossas necessidades materiais como comprar a casa própria, um carro novo, um equipamento, fazer uma viagem. E temos também aqueles sonhos cheios de emoção como ter um filho, casar, adotar um animal.

Eu tenho alguns sonhos, mas reparei que em alguns momentos não lembro de nenhum e vivo como se eles não existissem e foco somente em resolver problemas e fazer a vida diária acontecer. Isso é horrível! É como viver uma vida sem significado. Nessas épocas ficamos super desanimados e muitas vezes estressados.

Sonhar faz bem.

Há alguns anos encontrei esse textinho na casa de uma pessoa e pedi pra mim, colei aqui no meu mural e volta e meia releio.

 

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Gmail
  • LinkedIn
  • Blogger
  • Tumblr

E me peguei pensando nos sonhos inspiradores, aqueles que são da nossa alma, que mexem com alguma coisa potente dentro de nós.

Eu tenho a minha lista desses sonhos, uma lista pequena mais complexa e conforme consigo realizar risco.

Sonhos da Alma
  • Olhar um leão livre nos olhos
  • Plantar cerejeiras cor de rosa ao redor da casa
  • Construir um horta
  • Passear de balão
  • Conviver com cavalos
  • Abraçar um elefante

O primeiro que saiu da lista foi o abraçar um elefante.

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Gmail
  • LinkedIn
  • Blogger
  • Tumblr

Eu adoro elefantes, adoro a estrutura em que vivem como uma família juntos pela vida toda, são inteligentes, cuidadosos um com o outro, grandes e desastrados.

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Gmail
  • LinkedIn
  • Blogger
  • Tumblr

Foi incrível passar um dia com eles, alimentá-los e andar lado a lado com eles pela floresta, sem montá-los, sem superioridade, só me colocando no meu lugar de bicho frágil que precisa saber sair da frente dos outros, que precisa ter cuidado ao se aproximar, que tem a pele fina e delicada e não consegue ser tão forte como um elefante.

Isso aconteceu numa viagem maravilhosa que ganhei de presente para a Tailândia em 2015 num santuário para elefantes resgatados de torturas em circos e shows comuns por lá.

Sigo buscando realizar os outros. 🙂

E os seus sonhos da alma como estão?

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest
  • Gmail
  • LinkedIn
  • Blogger
  • Tumblr

Eu sou a Fabiluli ou Fabiana Pereira, tenho 42 anos, sou carioca, mãe de 3, artista, natureba, cheia de dúvidas e certezas. E em breve avó!

Pin It on Pinterest

Share This